Carregando...

Ultimas Postagem

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Mestre Elias Foto Histórica

Batizado do Mestre Osmar da década de 70
Foto Historia de grandes Mestres.






Mestre Elias
Mestre Caiçara
Mestre Limão
Mestre Natanael
Mestre Macumba
Mestre Severo

O que é o maculelê

É o maculelê uma dança de origem Afro-indígena, pois foi trazida pelos negros da África para cá e aqui foi mesclada com alguma coisa da cultura dos índios que aqui já viviam.
Os africanos diziam que esta dança era mais uma forma de luta contra os horrores da escravidão e do cativeiro. Enquanto os negros dançavam com os cepos de cana no meio do canavial, cantavam músicas que evidenciavam o ódio. Porém, eles as cantavam nos dialetos que trouxeram da África para que os feitores não entendessem o sentido das palavras. Assim como a "brincadeira de Angola" camuflou a periculosidade dos movimentos da capoeira, a dança do maculelê também era uma maneira de esconder os perigos das porretadas desta dança.
Aos golpes e investidas dos feitores contra os negros, estes se defendiam com largas cruzadas de pernas e fortes porretadas que atingiam principalmente a cabeça ou as pernas dos feitores de acordo com o abaixar e levantar do negro com os porretes em punho. Além desta defesa, os negros pulavam de um lado pro outro dificultando o assédio do feitor. Para as lutas travadas durante o dia, os negros treinavam durante a noite nos terreiros das senzalas com paus em chama que retiravam das fogueiras, trazendo ainda mais perigo para o agressor

O que é a Capoeira e Como surgiu

A Capoeira surgiu no Brasil como uma luta de resistência disfarçada de dança no intuito de ser um instrumento de luta dos escravos negros pela liberdade. Seus movimentos buscaram inspiração nas defesas e ataques dos animais (a marrada do touro, o coice do cavalo, a fisgada do rabo da arraia) e na ação de instrumentos de trabalho (o martelo, a foice) como também nas ações do seu cotidiano como quedas nas ruas nos acoites dos feitores ao chicotear, entre tantas outros..
A importância do ensino e da prática da Capoeira não está somente em sua bagagem histórico-cultural, ela ajuda a desenvolver qualidades físicas como força, velocidade, resistência muscular e cardio-respiratória, equilíbrio, coordenação motora, favorecendo a capacidade de esforço do organismo e o potencial de trabalho para fazer frente as exigências do cotidiano. Trabalha também o convívio grupal e social, estimulando o desenvolvimento do valor da lealdade, responsabilidade, confiança, disciplina, auto-conhecimento, contribuíndo e muito na formação da personalidade. Ao reunir com harmonia arte, música, poesia, folclore, artesanato, esporte, diversão, dança, jogo, luta, rituais e tradição, a Capoeira pode ser traduzida como a mais forte e completa expressão da cultura popular brasileira. No período da colonização inicia-se o tráfico de escravos para a América, os negros eram aprisionados na África, trazidos e vendidos para o trabalho forçado em regime de completa escravidão. Para tornar o negro escravo, os escravistas suprimiam sua cultura, sua alma e tortu-ravam seus cor-pos. Interessa-vam apenas pelo físico, sua força de trabalho. Esta situação desu-mana a que foi submetido o negro, não era suficiente para suprimir sua condição de ser inteiro, de corpo e alma.A Capoeira nasce neste período. Os negros a criaram para utilizá-la como luta no momento preciso para sua defesa e nos instantes de folga para se divertirem, para relaxar do trabalho forçado, das torturas e da condição de escravo.

Contato BahiaDeTodosSantos@gmail.com